Total de visualizações de página

8 de jun de 2011

Os talismãs


Plantas talismânicas
Certas plantas sempre tiveram grande importância na ciência talismânica:
Amaranto (flor de): num saquinho; atrai a proteção e o favor dos poderosos.
Angélica (flor de): num saquinho; protege conta feitiços.
Artemísia (flor de): num saquinho; protege contra encantamentos e más influências.
Crisântemo (flor de): num saquinho; protege contra malefícios.
Nenúfar (flor de): num saquinho; conserva e aumenta a potência sexual.
Urtiga (folhas): num saquinho, secas; revigora e dá novas forças.
Peônia (flor de): num saquinho; preserva contra malefícios.
Rosa vermelha (flor de): num saquinho; favorece a concepção.
Tabaco (folhas): num saquinho; favorece a concentração intelectual.
Arruda (folhas): num saquinho; absorve maus fluidos, protege contra mau olhado.
Guiné (folhas): num saquinho; tem função similar à da arruda.
Espada-de-são-jorge: viva, num vaso na porta da casa; protege contra a inveja e o mau olhado.

Perfumes talismânicos
As escolas mágicas estabeleceram também correspondências entre a ciência oculta dos perfumes e os signos zodiacais, com objetivos talismânicos:
Áries: odores queimados, resinosos, “temperados”.
Touro: odor de húmus, do lilás.
Gêmeos: odores sutis e penetrantes, como o musk.
Câncer: aromas florais.
Leão: odor de resina vegetal, perfumes envolventes.
Virgem: odor de cogumelos.
Libra: perfumes voláteis e hipnóticos.
Escorpião: odores de terra úmida, de liquens, musgos e cogumelos.
Sagitário: odores “apimentados”.
Capricórnio: odor de terra fresca.
Aquário: perfumes etílicos, muito voláteis
Peixes: perfumes de frutas.


Nenhum comentário: